Archive for março 2016

sishosp-prontuario

Quer saber quais as vantagens que um Prontuário eletrônico traz para seu hospital?

A tecnologia tem transformado cada dia mais hospitais e clínicas. Os registros que antes eram feitos manualmente e geravam altos custos e podiam ser extraviados hoje podem ser facilmente gerenciados através de um Sistema de Prontuário Eletrônico.
Muitas instituições ainda veem essa tecnologia como um custo extra e não como um benefício, mas nós vamos desmistificar isso com essas dicas:

01 – Enquanto o médico faz uma prescrição, o sistema emite avisos e alertas, que podem evitar futuros transtornos no tratamento ao paciente;
02 – O prontuário eletrônico auxilia a enfermagem a garantir os 5 “certos” da administração de medicamentos: paciente certo, medicamento certo, via certa, dose certa, horário certo.
03 – O acesso ao banco de dados de maneira fácil e prática garante maior produtividade e eficiência para os funcionários.
04 – Facilidade no acompanhamento do histórico clínico do paciente, sem precisar ficar folheando papeis numa pasta. Auxiliando assim na tomada de decisão por parte da equipe médica e consequentemente maior assertividade nos diagnósticos.

Read More
post-BLOG

É possível evitar as filas das instituições de saúde através do uso da tecnologia?

Muitos são os motivos que levam hospitais e clínicas a formarem as indesejáveis filas de espera.
Seja pelo investimento escasso na saúde pública, pela falta de habilidade em acomodar as variações de demanda que ocorrem em pronto-socorros, pelos avanços tecnológicos e farmacêuticos, uma dúvida é certa: como fazer para que sua instituição evite ao máximo a formação de filas?
Pode parecer coisa do passado, mas em tempos em que há soluções como o Prontuário Eletrônico, que unifica as informações clínicas e assistenciais de todos os atendimentos dos pacientes, ainda existem locais que tenham todo o sistema assistencial baseado em uma dinâmica que funciona basicamente com papel, telefone e fax.
O primeiro passo para quem quer evoluir e reduzir as filas nos atendimentos é aderir um sistema de gestão capaz de mensurar as ofertas de serviço da instituição em tempo real. Um bom sistema é capaz de gerenciar internações hospitalares, marcação de consultas e exames especializados e controlar a produção ambulatorial, hospitalar e dos fluxos assistenciais de forma simplificada e de fácil interpretação. Só assim será possível não só alocar o paciente em menor tempo, mas também evitar a superlotação.

Read More