post-BLOG

Principais tendências na saúde para 2018

A evolução da medicina nos últimos anos, trouxe mudanças significativas também para as instituições de saúde. Isso porque a “medicina do futuro” permite diagnósticos cada vez mais precisos e tratamentos personalizados aos seus pacientes.

Por isso, o SisHOSP selecionou as principais tendências tecnológicas na área da saúde para que você gestor possa alinhar os objetivos da sua instituição.

01 – Telemedicina: É um processo avançado para monitoramento de pacientes, troca de informações e análise de resultados de diferentes exames. As atividades da telemedicina facilitam o acesso a especialistas, ampliando a assistência ao paciente, principalmente em áreas remotas. Seu ponto forte atualmente é a emissão de laudos à distância.

02 – Medicina Preditiva: A medicina do futuro será preventiva e terapêutica. Os cuidados não serão mais focados nas enfermidades e, sim, em descobrir as doenças antes que elas aconteçam, focando na qualidade de vida do paciente. Com exames e diagnósticos cada vez mais precisos, os médicos podem se antecipar: pelas predisposições genéticas, pode-se saber, por exemplo, do risco prévio de uma doença do coração. Inicia-se então um tratamento prévio, inclusive dos fatores de influência – hipertensão, diabetes, obesidade – antecipando-se à cardiopatia e tendo mais tempo hábil para a cura.

03 – Dispositivos Móveis (App): O uso de aplicativos móveis possibilita a integração de uma grande variedade de dispositivos médicos a rede de comunicação para a troca e coleta de informações. Essas informações podem trazer diversos dados sobre o nosso corpo em busca de insights médicos.

04 – Prontuário eletrônico na nuvem: O prontuário eletrônico é uma ferramenta responsável por conciliar todas as informações sobre o estado clínico do paciente, otimizando o atendimento. Com ele, é possível armazenar informações sobre a história clínica, medicamentos utilizados e procedimentos realizados, que estarão disponíveis para consulta de evolução do prognóstico. Além disso, para facilitar o gerenciamento interno de informações, existem softwares de prontuário eletrônico que fornecem dados como número de consultas realizadas, agenda de pacientes, custos dos procedimentos ambulatoriais, entre outros.

Fique por dentro de todas as tendências na área da saúde com o SisHOSP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *