Archive for julho 2018

segurança dos pacientes

Como um software de gestão pode garantir a segurança dos seus pacientes?

As discussões sobre segurança do paciente nas unidades hospitalares configuram uma tendência mundial e frequentemente tem sido abordado pela mídia questões que envolvem esta temática.

Apesar de todos os avanços no âmbito da segurança do paciente, o erro humano é um dos fatores que mais se destaca e frequentemente esses episódios de erro envolvendo profissionais de saúde nas instituições hospitalares são noticiados através da imprensa e da mídia.

Números que assustam qualquer gestor com relação a segurança dos seus pacientes:

Estima-se que haja no Brasil de 100 a 400 mil óbitos ao ano que podem estar associados a eventos adversos assistenciais hospitalares.

A ocorrência dos eventos adversos causa danos aos pacientes e aumenta o tempo de permanência e os custos hospitalares.

Para reduzir essa ocorrência e aumentar a segurança do paciente, o uso da tecnologia é fundamental para a instituição de saúde. Através de um software de gestão eficiente, os processos se tornam mais transparentes, os médicos, enfermeiros e toda equipe envolvida têm acesso à informação de forma mais rápida e mais segura.

O software de gestão hospitalar do SisHOSP garante aos seus funcionários uma rotina de trabalho focada na segurança dos seus pacientes, pois está presente em todos os processos desde a chegada do paciente até o desfecho do atendimento.
Nosso software atua como um aliado no combate aos eventos adversos pois armazena os dados de todos os seus pacientes de maneira segura, bloqueia medicações não prescritas e avisa ocorrências de interações medicamentosas, o que reflete em um atendimento com muito mais qualidade e satisfação do paciente.

Com SisHOSP você mantém a rotina do seu hospital sempre focada em manter o bom atendimento e garante aos seus funcionários um ambiente menos estressante, visto que estarão sendo ajudados pelo software.

Mude você também para um software que presa pela segurança dos seus pacientes, mude para SisHOSP!

Saiba Mais