SisHOSP Entrevista Clínica Nova Aliança

SisHOSP Entrevista: Clínica Nova Aliança – Espírito Santo.

Como o prontuário eletrônico vem ajudando a Clínica Nova Aliança a reduzir seus custos e dar mais agilidade nos atendimentos.

A Clínica Nova Aliança é uma exemplo prático de como o prontuário eletrônico é fundamental para auxiliar sua instituição a crescer.

Com 15 anos de atuação e experiência, a CNA reúne as melhores e mais avançadas técnicas da psiquiatria, psicologia e farmacologia, utilizadas por uma equipe multiprofissional e dedicada a buscar soluções para transtornos mentais e dependência química.

Localizada em Piúma, no Espírito Santo, a clínica possui mais de 20.000 m² de área, cercada de muito verde, com instalações físicas seguras, confortáveis e equipadas para os serviços prestados, em conformidade com a legislação vigente.

Com uma infraestrutura de primeira linha, a clínica possui salas individuais e coletivas de atendimento, espaço de TV, refeitório, espaço para oficinas e jogos e suítes aconchegantes. A área de lazer conta com piscina, campos de futebol de areia e grama, espaço para leitura e um grande jardim.

Entrevistamos o gestor da Clínica, Sr. Gabriel Bassul para sabermos mais sobre como nosso software auxilia sua equipe no dia-a-dia, confira:

SisHOSP: Quais foram as dificuldades que você encontrou na sua instituição que lhe fez buscar um software de gestão?

Gabriel Bassul: São várias as ponderações que levaram a aquisição do Prontuário Eletrônico, citarei algumas:

  1. Tempo da informação: devido aos prontuários serem físicos demandava um tempo “considerável” para coleta de dados, seja na área assistencial ou na administrativa;
  2. Dificuldade de leitura: devido a caligrafia dos profissionais de saúde serem “variadas”, as vezes a informação tinham que ser checada por falta de entendimento;
  3. Acesso: anteriormente havia uma logística para disponibilidade de prontuário, hoje o profissional acessa no terminal dos consultório garantindo agilidade;
  4. Armazenamento: antes se gerava documentos impressos, para posteriormente serem anexados no prontuários e corria-se riscos de atrasos e guarda errada neste procedimento e hoje tudo se armazena no banco de dados do paciente, possibilitando o acesso aos profissionais, destaco a integração da informação para equipe multi;
  5. Custos: atualmente temos uma redução significativa de impressões, com a meta de 100% para os próximos meses, isso só possível com prontuário;
  6. Organização e controle: por fim o sistema garante organização e controle nos procedimentos, algo que é essencial para a gestão.

SisHOSP: Porque você escolheu o SisHOSP para fazer a gestão da sua instituição?

Gabriel Bassul: A escolha pelo SisHOSP ocorreu por ser um software com diversas funcionalidades que atendia as demandas do negócio, em especial o nosso segmento (saúde mental), cabe salientar o atendimento pré negociação, a implantação e o suporte desde então, no qual vejo a prontidão e comprometimento de todos, além de possuir um ambiente agradável auto instrutivo que facilita o uso.

SisHOSP: Como o SisHOSP auxilia sua instituição nos processos do dia-a-dia?

Gabriel Bassul: São vários os benefícios, tais como velocidade da informação, usabilidade, segurança da informação, redução de custos; integração da informação entre outros;

SisHOSP: Você recomendaria o SisHOSP para outras instituições?

Gabriel Bassul: Com certeza, trata-se de um produto traz soluções para o negócio.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *