Você realiza o backup dos dados da sua instituição da forma correta?

Realizar uma cópia de segurança, ou simplesmente fazer um backup, é uma tarefa imprescindível para toda e qualquer empresa que se utiliza da informatização nos processos do dia-a-dia e não pode correr o risco de perder seus dados.

Perder dados importantes, por incrível que pareça, são estatísticas comuns em grandes corporações e os motivos mais comuns são: mau funcionamento do computador ou do software, vírus, queda de energia, roubo ou incêndio. Muitas vezes, até o próprio usuário pode apagar alguma informação sem querer. 

Os processos de recuperação são extremamente cuidadosos e na sua grande maioria, irreversíveis. Por estes e muitos outros motivos, a única forma de não perder informações é fazendo bom backup.

Nas grandes empresas, onde a quantidade e complexidade de informações são ainda maiores, os backups de forma manual tornam-se inseguros, ineficientes e até mesmo mais onerosos (pois envolvem mais recursos humanos do que se você utilizar uma ferramenta de automatização de backups). 

Criar uma rotina de procedimentos para realização de backups, definindo periodicidade e determinando vários locais para armazenamento é fundamental para que os dados da sua instituição estejam assegurados. Além disso, definir uma auditoria periódica para endossar que os procedimentos estejam sendo bem efetivados, trazem ainda mais segurança.

Por isso, se os arquivos da sua instituição são essenciais para saúde do fluxo de trabalho, procure começar a entender como automatizar uma atividade como essa e, assim, evitar dores de cabeça. Dessa forma, você garantirá a integridade das informações geradas pela sua organização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar Conversa
Precisa de ajuda?